18 C
Castro Marim, PT
Sexta-feira, Outubro 20, 2017

No Baixo Guadiana o comércio ambulante ainda percorre rotas intemporais

A maioria das gentes do Baixo Guadiana, sobretudo no interior, vivia, há apenas umas décadas longe dos principais aglomerados urbanos, onde o terreno acidentado,...

A cadeira e o cadeireiro: a arte e o seu ofício no Baixo Guadiana

13“Quem foi à feira, perdeu a cadeira” Provérbio popular                 Das férteis ribeiras, o cadeireiro recolhe praticamente tudo o que precisa para fabricar as cadeiras tradicionais,...

Os Feriados Municipais do Baixo Guadiana

Em Portugal, a importância dos municípios na organização do território tem origem na época medieval, com a outorga das cartas de foral e respectiva...

A arte e o ofício do albardeiro nas memórias do Baixo Guadiana

“Albarda-se o burro à vontade do dono”                 O ofício de albardeiro, hoje em desuso, constituía uma arte fundamental na sociedade ruralizada do Baixo Guadiana...