Amaro Antunes ascendeu ao topo do ciclismo mundial

0
534

Depois de estar um ano na equipa polaca CCC Sprandi Polkowice, de Pro Continental, o ciclista de Vila Real de Santo António, Amaro Antunes, ascendeu ao escalão WorldTour do ciclismo mundial.

Este ano o ciclista que tem enchido de orgulho o Baixo Guadiana vai correr na norte-americana Continuum Sports, atual BMC. Sobe assim, aos 27 anos, ao principal escalão do ciclismo. O antigo ciclista da W52-FC Porto, que em 2017 foi quinto na Volta ao Algarve e segundo na Volta a Portugal, será o primeiro português da formação. Em declarações públicas o diretor-geral, Jim Ochowicz, explicou que a contratação permite apoiar “as ambições na montanha e na luta pela classificação geral da equipa”. É grande o entusiasmo “por poder receber o Amaro na Continuum Sports. É um dos maiores talentos a vir de Portugal. (…) Mesmo que tenha sido a primeira temporada no nível Pro Continental, já tem impressionado nos últimos anos, com resultados contra corredores WorldTour”, explicou, citado pela Continuum em comunicado.

Lesões não param este ciclista de nível mundial

Apesar das inúmeras lesões na temporada 2018 Antunes conseguiu vencer a Volta a Malopolska, na Polónia, além de um 10.º lugar na Volta à Comunidade Valenciana e um segundo posto no Giro dell’Apennino. Ochowicz destacou o “potencial e talento cru” do português, e elencou a ajuda do corredor na montanha, mas também a possibilidade de fazer evoluir as suas capacidades no contrarrelógio, uma das especialidades da equipa, “o que poderá contribuir para os seus resultados em corridas por etapas”. Amaro Antunes está ansioso por começar “É um sonho realizado poder subir ao WorldTour. É uma grande motivação para mim e estou ansioso por começar. O meu principal objetivo será conseguir um bom resultado nas corridas mais importantes e ajudar a equipa o mais possível”, já disse Amaro Antunes. Quanto a esta mudança positiva é “uma honra e uma grande responsabilidade”, mas também “uma oportunidade fantástica de continuar a evoluir” e aprender com “alguns dos melhores ciclistas do mundo” que terá como colegas de equipa. O segredo para esta ascensão passa por “trabalhar muito e com muita determinação” garantiu ao nosso jornal.

Recorde-se que o ciclista vai participar na edição 2019 da Volta ao Algarve, de 20 a 24 de fevereiro.

Clube de Ciclismo Amaro Antunes já conta com 40 crianças

O ciclista criou no ano passado um clube de ciclismo com o seu nome que tem sede em Vila Nova de Cacela. “A adesão dos mais jovens foi enorme e superou todas as expectativas”, conta-nos o atleta que tem já na sua escola 40 crianças, entre os 5 e os 14 anos. Aos mais novos Amaro Antunes deixa uma palavra de motivação e pede que “agarrem esta oportunidade porque quando tinha a idade destas crianças não havia qualquer oferta a este nível no Baixo Guadiana. O mais perto para aprender ciclismo estava em Loulé e Portimão”, recorda. A sede da escola de ciclismo Amaro Antunes funciona em Vila Nova de Cacela, concelho de Vila Real de Santo António e em 2019 o atleta já quer levar atletas a competições nacionais.

Publicidade
Partilhar
Susana Helena De Sousa
Formação Superior em Jornalismo (Carteira Profissional 9621): Especialização em Imprensa Escrita pelo Centro Nacional de Formação de Jornalistas (CENJOR) Formação media pela Representação da Comissão Europeia em Portugal Experiência em Jornalismo: Rádio (Voz D'Almada, PAL FM, Guadiana FM), Televisão (TVI, AXN, RTP, Canal História) e Imprensa Escrita (Jornal de Setúbal, Semanário O Algarve, Jornal i, Jornal do Baixo Guadiana); Tese de Licenciatura Bi-Etápica: «Serviço Público de Televisão», (publicação com entrevista a Carlos Pinto Coelho) Co-produção, realização e apresentação do programa de Rádio «Se Dúvidas Existem...», do Núcleo de Estudos e Intervenção Psicolõgica de VRSA Co-produção, realização e apresentação do programa «Viver Aqui», do Núcleo de Imigração da Cruz Vermelha Portuguesa de VRSA para o Alto Comissariado para o Diálogo Intercultural Assistente de Realização para Televisão Produtora para Televisão Escrita para Reportagens Televisivas Escrita de Documentário para TV «O Contrabando no Baixo Guadiana» Escrita do texto filme documental «Um Dia na Santa Casa», de Eduardo Soares Pinto Formação Avançada em Dança Contemporânea (CIRL) Formação Inicial em Teatro (TAS, Teatro O Elefante) Formação Inicial Interpretação para Televisão (Aloysio Filho pela ACT) Participação em antologia poética «5.50» (Poetas do Guadiana) Escrita de prefácio para obra editada (Os Poetas do Guadiana nos meios de comunicação social) e outra obra inédita Autora convidada do livro de contos «Ruas» de Pedro Oliveira Tavares e João Miguel Pereira Revisão de Livro de Contos inédito de Mouji Soares Curandoria de exposição de fotografia de Eduardo Soares Pinto, Espanha Co-organização da exposição internacional de arte «Minha Fukushima» na Eurocidade do Guadiana, da Peace and Art Society Organização da Exposição «Aline´s Project» em VRSA, da Peace and Art Society Apresentação de Galas Moderação de Debates e Tertúlias Apresentação de Livros Organização de eventos Co-fundadora do Eco&Design Hotel «Monte do Malhão» Co-fundadora da Mostra Internacional de Cinema «FRONTEIRAS» Voluntariado para a área da comunicação em IPSS's

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.