Castro Marim vai deixar de ser «a única sede de concelho no Algarve sem um hotel». Também avança ciclovia que ligará a VRSA

0
304

O anúncio da construção de um hotel de 4 estrelas na vila medieval de Castro Marim já tinha sido feito em Março, aquando a realização de uma FAM TRIP promovida pela Região de Turismo do Algarve, em Castro Marim. Agora o projeto foi, finalmente, aprovado em reunião de câmara desta segunda-feira. Será o primeiro hotel dentro da vila, onde já existe a tipologia do alojamento local. Esta unidade hoteleira [ficará localizada ao lado do jardim infantil] permitirá dar outro tipo de respostas aos turistas que afluem ao concelho castromarinense e que querem pernoitar no coração desta vila medieval. No comunicado enviado às redações onde é dada a conhecer a aprovação do peojeto, não foi, no entanto, avançada data para arranque da obra, nem qual a sua duração.

De acordo com o projeto aprovado em reunião de câmara este hotel terá dois pisos, 44 quartos, piscina exterior e solário. O promotor já detém outra unidade hoteleira no Baixo Guadiana [Hotel Apolo, em Vila Real de Santo António].

Francisco Amaral, o presidente da câmara municipal de Castro Marim, considera que “no caso particular deste hotel em Castro Marim, o autarca diz quê se está a fazer justiça”. Citado pela nota de imprensa enviada às redações sublinha que Castro Marim “era a única sede de concelho do Algarve sem uma unidade hoteleira e uma grande lacuna na oferta turística da vila, além de ser uma fonte de emprego”.

O novo empreendimento tem a assinatura do Arquiteto José Alberto Alegria, também autor do projeto do Revelim de Santo António e da Biblioteca Municipal de Castro Marim, contribuindo para a criação de uma harmonia arquitetónica, marcada pela influência mediterrânica do Algarve Al-Andaluz.

Prevista está também a construção de hotéis rurais em Odeleite (Vale das Gatas) e na zona da Maravelha (Castro Marim), bem como um apartamento edifício, de 3 estrelas, em Altura, anuncia a câmara municipal no seguimento do comunicado às redações.

Também vai ser construída ambicionada ciclovia que ligará Castro Marim a VRSA

É de referir que na na mesma reunião foi consignada a obra da ciclovia, que ligará Castro Marim a Vila Real de Santo António, estando a sua execução prevista em 8 meses. Recorde-se que esta ligação é uma grande ambição das populações, desde logo desportistas, que diariamente percorrem esta ligação da EN122 que atualmente é muito insegura, chegando a ser palco de diversos acidentes, nomeadamente para quem anda a pé ou de bicicleta.

 

 

Publicidade
Partilhar

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.