Sintropia pode revolucionar olhar sobre setor agroflorestal no Baixo Guadiana. Conheça esta via agroecológica

0
290

Depois de uma primeira abordagem ao tema realizada nas Jornadas do Mundo Rural de Mértola, que Jornal do Baixo Guadiana fez cobertura, testemunhando realidades, dificuldades, boas práticas e os novos paradigmas que estão a surgir no território [leia reportagem aqui] o Cine-teatro Marques Duque, em Mértola, acolhe nos dias 15 e 16 de novembro, a Conferência sobre Agricultura Sintrópica, que conta com a presença de Ernst Götsch, mentor deste sistema de cultivo agroflorestal que associa ao objetivo do estabelecimento de áreas altamente produtivas, os objetivos do reforço da oferta de serviços ao ecossistema, com especial destaque para a formação de solo, a regulação do micro-clima e o favorecimento do ciclo da água. O anúncio foi feito esta quarta-feira pela câmara muncipal daquele concelho alentejano.

Agenda Ernst Götsch propõe ensaiar experiências de agricultura sintrópica em contexto mediterrânico

De acordo com comunicado oficial da organização é explicado que “com 40 anos de experiência em territórios de semiárido e áreas de forte implementação do agronegócio no Brasil, a Agenda Ernst Götsch propõem-se ensaiar um conjunto de experiências de agricultura sintrópica em contexto mediterrânico, por forma a testar a adaptabilidade do modelo e o seu contributo para a regeneração de áreas agrícolas de baixa produtividade e de elevada vulnerabilidade a problemas de erosão de solos, fraca precipitação, alterações climáticas e risco de desertificação. Um dos locais de experimentação desta prática agroecológica será o território de Mértola, que se associa a outras experiências-piloto a decorrer já em Portugal (Herdade do Freixo do Meio), Espanha e França”.

É de referir que esta prática agroecológica em vindo a colher simpatizantes e aderentes um pouco por todo o mundo, sendo que a conferência prevista para a vila de Mértola é encarada pela organização como “uma oportunidade única” para os interessados na temática.

Autora de novelas da Globo que já focou o tema no seu trabalho entre as convidadas para ciclo de conversas/debate

Na mesma nota à imprensa é dito que “em complemento à conferencia serão ainda promovidas duas Conversas/Debate: uma no dia 15  dedicada à temática da “Comunicação e Responsabilidade Ecológica” com Edmara Barbosa, autora de diversas novelas da Globo, entre as quais o grande sucesso de 2016/17 “Velho Chico” que abordou a temática da agricultura sintrópica;  e outra no dia 16 dedicada à temática da aplicação de princípios de sustentabilidade na agricultura de grande escala que conta com contributos de Ernst Götsch (Brasil), Alfredo Sendim (Portugal), Bertrand Aubery (Martinica), M. Vitória e Daniel Fröbe (Brasil).  A Conferencia integra ainda um momento de performance artística “Arte em Transição” e a atividade À Noite no Mercado dedicada à temática do combate ao desperdício alimentar.

Esta conferencia resulta de uma organização conjunta da Life in Syntropy, da Agenda Ernst Götsch, da Associação de Empresários do Vale do Guadiana e da Câmara Municipal de Mértola

 

Publicidade
Partilhar
Susana Helena De Sousa
Formação Superior em Jornalismo (Carteira Profissional 9621): Especialização em Imprensa Escrita pelo Centro Nacional de Formação de Jornalistas (CENJOR) Formação media pela Representação da Comissão Europeia em Portugal Experiência em Jornalismo: Rádio (Voz D'Almada, PAL FM, Guadiana FM), Televisão (TVI, AXN, RTP, Canal História) e Imprensa Escrita (Jornal de Setúbal, Semanário O Algarve, Jornal i, Jornal do Baixo Guadiana); Tese de Licenciatura Bi-Etápica: «Serviço Público de Televisão», (publicação com entrevista a Carlos Pinto Coelho) Co-produção, realização e apresentação do programa de Rádio «Se Dúvidas Existem...», do Núcleo de Estudos e Intervenção Psicolõgica de VRSA Co-produção, realização e apresentação do programa «Viver Aqui», do Núcleo de Imigração da Cruz Vermelha Portuguesa de VRSA para o Alto Comissariado para o Diálogo Intercultural Assistente de Realização para Televisão Produtora para Televisão Escrita para Reportagens Televisivas Escrita de Documentário para TV «O Contrabando no Baixo Guadiana» Escrita do texto filme documental «Um Dia na Santa Casa», de Eduardo Soares Pinto Formação Avançada em Dança Contemporânea (CIRL) Formação Inicial em Teatro (TAS, Teatro O Elefante) Formação Inicial Interpretação para Televisão (Aloysio Filho pela ACT) Participação em antologia poética «5.50» (Poetas do Guadiana) Escrita de prefácio para obra editada (Os Poetas do Guadiana nos meios de comunicação social) e outra obra inédita Autora convidada do livro de contos «Ruas» de Pedro Oliveira Tavares e João Miguel Pereira Revisão de Livro de Contos inédito de Mouji Soares Curandoria de exposição de fotografia de Eduardo Soares Pinto, Espanha Co-organização da exposição internacional de arte «Minha Fukushima» na Eurocidade do Guadiana, da Peace and Art Society Organização da Exposição «Aline´s Project» em VRSA, da Peace and Art Society Apresentação de Galas Moderação de Debates e Tertúlias Apresentação de Livros Organização de eventos Co-fundadora do Eco&Design Hotel «Monte do Malhão» Co-fundadora da Mostra Internacional de Cinema «FRONTEIRAS» Voluntariado para a área da comunicação em IPSS's

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.