Foi aprovada a criação da Estação Náutica do Baixo Guadiana

0
163
Trata-se de uma estrutura transnacional que envolve Portugal e Espanha.

O resultado foi conhecido no passado dia 30 de Outubro, dando como aprovada a criação da Estação Náutica do Baixo Guadiana. Foi na tertúlia do Jornal do Baixo Guadiana, a 31 de Outubro, que a notícia foi dada em primeira mão por Luís Madeira, o presidente da Associação Naval do Guadiana (ANG), entidade coordenadora desta candidatura e que congrega diversas parcerias. Será a primeira estrutura do género no território e uma das muito poucas que têm uma componente transnacional, uma vez que envolve Espanha. A nível nacional engloba Mértola (Alentejo) e os três concelhos do Baixo Guadiana algarvio (Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António).

O diretor da ANG, David Vasques da Silva, que será o coordenador da futura estação identificou os objetivo geral de transformar um destino tradicionalmente Sol e Praia com orientação para as atividades náuticas num produto integrado acompanhado por uma oferta de alojamentos, gastromania, diversão, cultura e desporto otimizando os recursos naturais e humanos, assim como as infraestruturas existentes.
Para o presidente da ANG, Luís Madeira esta iniciativa poderá criar uma nova dinâmica
turística regional centrada nos recursos náuticos do rio Guadiana, da baia de Monte Gordo, do levante algarvio e da zona poente da Costa de la Luz-Huelva, sendo este o território abrangido pela nova estação.

A candidatura surge no âmbito da criação da rede das Estações Náuticas de Portugal que esta a ser lavado a cabo pela Fórum Oceano – Associação para o desenvolvimento do Cluster do Mar. A Fórum Oceano é uma associação privada sem fins lucrativos, de utilidade pública, que reúne mais de 120 associados de diferentes setores da economia do mar e que está mandatada pelo governo para o desenvolvimento do cluster do mar no nosso país

Recorde-se que as estações náuticas são uma rede de oferta turística náutica de qualidade, organizada a partir da valorização integrada de recursos náuticos presentes num território e da sua promoção, já bastante difundias em Itália, França e Espanha e que tal como já acontece com as estações de esqui, estabelecem à volta de uma atividade um conjunto de oferta turística diversificada incluído alojamento, restauração, eventos culturais, divertimento noturno, entre outras.

A candidatura desta estação náutica tinha sido apresentada em Maio, tal como já havíamos noticiado.

Publicidade
Partilhar
Susana Helena De Sousa
Formação Superior em Jornalismo (Carteira Profissional 9621): Especialização em Imprensa Escrita pelo Centro Nacional de Formação de Jornalistas (CENJOR) Formação media pela Representação da Comissão Europeia em Portugal Experiência em Jornalismo: Rádio (Voz D'Almada, PAL FM, Guadiana FM), Televisão (TVI, AXN, RTP, Canal História) e Imprensa Escrita (Jornal de Setúbal, Semanário O Algarve, Jornal i, Jornal do Baixo Guadiana); Tese de Licenciatura Bi-Etápica: «Serviço Público de Televisão», (publicação com entrevista a Carlos Pinto Coelho) Co-produção, realização e apresentação do programa de Rádio «Se Dúvidas Existem...», do Núcleo de Estudos e Intervenção Psicolõgica de VRSA Co-produção, realização e apresentação do programa «Viver Aqui», do Núcleo de Imigração da Cruz Vermelha Portuguesa de VRSA para o Alto Comissariado para o Diálogo Intercultural Assistente de Realização para Televisão Produtora para Televisão Escrita para Reportagens Televisivas Escrita de Documentário para TV «O Contrabando no Baixo Guadiana» Escrita do texto filme documental «Um Dia na Santa Casa», de Eduardo Soares Pinto Formação Avançada em Dança Contemporânea (CIRL) Formação Inicial em Teatro (TAS, Teatro O Elefante) Formação Inicial Interpretação para Televisão (Aloysio Filho pela ACT) Participação em antologia poética «5.50» (Poetas do Guadiana) Escrita de prefácio para obra editada (Os Poetas do Guadiana nos meios de comunicação social) e outra obra inédita Autora convidada do livro de contos «Ruas» de Pedro Oliveira Tavares e João Miguel Pereira Revisão de Livro de Contos inédito de Mouji Soares Curandoria de exposição de fotografia de Eduardo Soares Pinto, Espanha Co-organização da exposição internacional de arte «Minha Fukushima» na Eurocidade do Guadiana, da Peace and Art Society Organização da Exposição «Aline´s Project» em VRSA, da Peace and Art Society Apresentação de Galas Moderação de Debates e Tertúlias Apresentação de Livros Organização de eventos Co-fundadora do Eco&Design Hotel «Monte do Malhão» Co-fundadora da Mostra Internacional de Cinema «FRONTEIRAS» Voluntariado para a área da comunicação em IPSS's

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.