Ministro da Defesa esteve em Ayamonte na apresentação das novas cartas hidrográficas do Guadiana

0
116
Fotos e Vídeos: Carmo Costa

O ministro da Defesa português, José Azeredo Lopes, veio hoje ao Baixo Guadiana, mas do lado espanhol, mais precisamente a Ayamonte, onde participou na cerimónia de apresentação das novas cartas hidrográficas do rio Guadiana. Contou com a presença da sua homóloga Margarita Robles, ministra da Defesa do reino de Espanha, tendo destacado importância do trabalho realizado pelos dois ministérios, através dos Institutos Hidrográficos português e espanhol.

“Isto resulta já de um acordo celebrado na última cimeira luso-espanhola, em 2017, em Vila Real, onde os dois estados concordaram que era necessário trabalhar em conjunto para realizarem trabalhos hidrográficos de relevo, quer quanto à desembocadura do rio Minho, quer em relação à desembocadura do rio Guadiana”, afirmou o ministro português aos jornalistas no final da cerimónia.

Azeredo Lopes explicou que “este primeiro trabalho está realizado no que diz respeito ao Guadiana” e permite unificar padrões, procedimentos e metodologias entre os Institutos Hidrográficos dos dois países, que tinham dados por vezes não coincidente e distintos nas cartas que cada um produziu de forma autónoma no passado.

“Nós, pelos vistos, tínhamos diferenças no plano hidrográfico, quanto à profundidade, à altimetria”, exemplificou o gove rnante luso, frisando que, “hoje, estas diferenças já não existem” e considerando que “isso significa maior segurança na navegação, maior confiança no trabalho científico e técnico das partes” e permite “olhar agora para o próximo projeto, que é o que falta, que é o do rio Minho”.

Por seu turno, a ministra da Defesa espanhola, Margarita Robles afirmou que “hoje é o Guadiana que nos une neste ato, mas une-nos a história e uma coisa que ninguém nos pode tirar, que é essa Volta ao Mundo que vamos celebrar em que Espanha e Portugal descobriram e abriram novas portas através do mar, mar que tão importante é para todos. Temos passado comum, temos presente e temos muito futuro”. Em completa sintonia de cooperação a ministra lembrou que “Espanha e Portugal são sócios sérios, rigorosos, e comprometidos com uns valores, que são os que defende a carta das Nações Unidas, de paz e liberdade em todo o mundo”.

Veja o vídeo aqui

Publicidade
Partilhar
Susana Helena De Sousa
Formação Superior em Jornalismo (Carteira Profissional 9621): Especialização em Imprensa Escrita pelo Centro Nacional de Formação de Jornalistas (CENJOR) Formação media pela Representação da Comissão Europeia em Portugal Experiência em Jornalismo: Rádio (Voz D'Almada, PAL FM, Guadiana FM), Televisão (TVI, AXN, RTP, Canal História) e Imprensa Escrita (Jornal de Setúbal, Semanário O Algarve, Jornal i, Jornal do Baixo Guadiana); Tese de Licenciatura Bi-Etápica: «Serviço Público de Televisão», (publicação com entrevista a Carlos Pinto Coelho) Co-produção, realização e apresentação do programa de Rádio «Se Dúvidas Existem...», do Núcleo de Estudos e Intervenção Psicolõgica de VRSA Co-produção, realização e apresentação do programa «Viver Aqui», do Núcleo de Imigração da Cruz Vermelha Portuguesa de VRSA para o Alto Comissariado para o Diálogo Intercultural Assistente de Realização para Televisão Produtora para Televisão Escrita para Reportagens Televisivas Escrita de Documentário para TV «O Contrabando no Baixo Guadiana» Escrita do texto filme documental «Um Dia na Santa Casa», de Eduardo Soares Pinto Formação Avançada em Dança Contemporânea (CIRL) Formação Inicial em Teatro (TAS, Teatro O Elefante) Formação Inicial Interpretação para Televisão (Aloysio Filho pela ACT) Participação em antologia poética «5.50» (Poetas do Guadiana) Escrita de prefácio para obra editada (Os Poetas do Guadiana nos meios de comunicação social) e outra obra inédita Autora convidada do livro de contos «Ruas» de Pedro Oliveira Tavares e João Miguel Pereira Revisão de Livro de Contos inédito de Mouji Soares Curandoria de exposição de fotografia de Eduardo Soares Pinto, Espanha Co-organização da exposição internacional de arte «Minha Fukushima» na Eurocidade do Guadiana, da Peace and Art Society Organização da Exposição «Aline´s Project» em VRSA, da Peace and Art Society Apresentação de Galas Moderação de Debates e Tertúlias Apresentação de Livros Organização de eventos Co-fundadora do Eco&Design Hotel «Monte do Malhão» Co-fundadora da Mostra Internacional de Cinema «FRONTEIRAS» Voluntariado para a área da comunicação em IPSS's

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.