Secundária de VRSA: Vencedores do «Young Business Talent» seguem para final europeia

0
89

O mês passado foi de glória suprema para uma equipa do Agrupamento de Escolas de Vila Real de Santo António que ganhou a final nacional da quinta edição do «Young Business Talents», promovido pela Nivea, marca mundialmente conhecida. A grande vencedora que trouxe para terras pombalinas o primeiro lugar chama-se «Dragon_Force» e é nada mais nada menos constituída pelos alunos: Andreia Correia, Dani Plyakov, Daniel Conceição e Hugo Cabrita. A orientá-los estiveram os professores António Condessa e Luís Neves.

O Jornal do Baixo Guadiana esteve em meados de Junho à conversa com estes alunos, ainda na fase quente pós-vitória, e tem agora oportunidade de descrever o que ia no coração destes «campeões». Estavam acompanhados pelos professores orgulhosos e confiantes na final europeia.

Grande experiência vivida «fora de portas»

Sem dúvida que sentimos uma grande união desta equipa de jovens que relevaram, sobretudo, a “grande experiência” vivida fora de portas e que os colocou em contacto com a competição, bem como contactaram com outros jovens num concurso que os desafia a serem «gestores de excelência» de produtos, num mercado imaginário que serve de exercício intenso para os que arriscam a ser os melhores. Tal como nos explicou o professor Luís Neves, “no passado dia 8 de Junho, desenrolou-se a final nacional do Young Business Talent (YBT) com as 75 melhores equipas em Carcavelos (Quinta dos Lombos). Estando presentes duas equipas de Vila Real de Santo António, a equipas GMG ficou na 4ª posição a nível nacional (88,5M€) e a outra equipa da escola Dragon_Force ganhou a competição (113,7M€)”.

Para os Dragon_Force o segredo da vitória deveu-se, não só aos ensinamentos, estratégia e orientação dos professores, mas também “à união entre todos e confiança depositada em cada membro”. Consideram que estes concursos coloca-os sob “grande pressão”, mas mostram-se confiantes em enfrentar a grande final europeia.

De referir que a equipa vencedora irá competir com as equipas que ganham em Espanha (Vigonomics, IES San Tomé de Freixeiro, Pontevedra), Itália (Pezsquad, IS Cerletti, Treviso), Grécia (BELLATRIX, ΑΜΕΡΙΚΑΝΙΚΟ ΚΟΛΛΕΓΙΟ ΕΛΛΑΔΟΣ – PIERCE, ΑΤΤΙΚΗΣ) e México (Emprendevega1, CECYTEV Veja de Alatorre, Veracruz).

Concurso exigente onde família tem papel essencial

Até à final o percurso foi de muito trabalho, mas estes alunos não esquecem o “importante apoio da família que respeitou a decisão dos alunos participarem, bem como o tempo que é preciso despender para a preparação de cada etapa”. Andreia Correia salienta a componente familiar como suporte para uma participação estável. Todos os restantes membros foram unânimes ao afirmar que “em momento algum este concurso colocou em causa os estudos”. Aliás, a gestão do tempo quer no concurso ou fora dele mostrou-se fundamental para estes alunos. É de referir que todos os membros da equipa Dragon_Force frequentam o Curso Profissional de Auxiliares de Saúde, ou seja, nem sequer são alunos de Economia ou Gestão, o que significa que este «mundo novo» foi vivido com muita resiliência.

É de sublinhar que o YBT é considerado o melhor jogo de gestão realizado no nosso país. Trata-se de um simulador empresarial que permite praticar gestão onde são tomadas todo o tipo de decisões dentro de uma empresa. Neste jogo de simulação de negócios a função de cada equipa é a mesma que fazem os responsáveis das empresas, simulando com precisão o que acontece no mundo empresarial. Todas as equipas na final tiveram de submeter 11 planos de gestão, quer ao nível do financiamento, produção, recursos humanos (vendedores e delegados), campanhas publicitárias, preços de venda ao público, margens, promoções e trade marketing (percentagem de linear).

Mas há mais premiados da Secundária de VRSA. «GMG» obteve 4.º lugar

Para além dos grandes vencedores deste concurso a Secundária de VRSA tem a registar uma outra sua equipa que obteve na final nacional o 4.º lugar. Trata-se daquela que na fase do apuramento, precisamente, para a final foi melhor equipa da escola a classificar-se. É a equipa «GMG» constituída por: Anne-Sophie Gonçalves, Bianca Guerreiro e Luís Martins que no apuramento obtiveram 1957 pontos (4 primeiros, 5 segundos e 2 terceiros) com um acumulado de 114,1MM€. Bem lançados para a grande final não a venceram, mas nunca é demais referir que um quarto lugar a disputar contra alunos de Economia dos melhores colégios do país não é «qualquer coisa». É que os Cursos Profissionais com esta equipa também mostraram bem a sua garra. Bianca é a única a frequentar um curso de caráter geral (Humanidades), enquanto Anne é do Curso Profissional de Apoio à Infância e Luís do Curso Profissional de Comércio.

Palavras como empoderamento, conhecimento e sacrifício pessoal estão no dicionário destes sete alunos que compuseram as duas equipas, e que ficaram com o bichinho destes concursos que não sendo obrigatórios mostram-se exigentes para quem neles decide participar.

Alunos querem apoio maior para participar mais e melhor

Em declarações ao nosso jornal ambas as equipas lamentaram que “as despesas não sejam totalmente assegurada pela escola (são-no a 50%)”, pois consideram que cajo a comparticipação fosse total permitiriam que mais alunos participassem nestes concursos. Para estes alunos é também pouco o impacto dado dentro da escola a estas competições e deixam a ideia à direção para que promova mais e assinale com maior destaque os excelentes resultados obtidos pelos alunos.

É de referir que o nosso jornal já esteve à conversa com Vítor Junqueira sobre estes concursos, no âmbito do destaque obtido a nível da ciência nacional por Elias Palma, e já nessa circunstância o diretor do agrupamento disse que gostaria de poder ter verba para poder apoiar mais todos os jovens que decidem competir e levar mais longe o nome do agrupamento de escolas pombalino.

 

O primeiro lugar recebido na grande final pela equipa vilarealense «Dragon Force»
O quarto lugar recebido na grande final pela equipa vilarealense «GMG»
O quarto lugar recebido na grande final foi resultado partilhado entre professores pelos professores e pela equipa vilarealense «GMG»

Agora a grande expectativa da equipa «Dragon_Force» e professores é a grande final europeia, cuja data e local estão por definir.

Publicidade
Partilhar
Susana Helena De Sousa
Formação Superior em Jornalismo (Carteira Profissional 9621): Especialização em Imprensa Escrita pelo Centro Nacional de Formação de Jornalistas (CENJOR) Formação media pela Representação da Comissão Europeia em Portugal Experiência em Jornalismo: Rádio (Voz D'Almada, PAL FM, Guadiana FM), Televisão (TVI, AXN, RTP, Canal História) e Imprensa Escrita (Jornal de Setúbal, Semanário O Algarve, Jornal i, Jornal do Baixo Guadiana); Tese de Licenciatura Bi-Etápica: «Serviço Público de Televisão», (publicação com entrevista a Carlos Pinto Coelho) Co-produção, realização e apresentação do programa de Rádio «Se Dúvidas Existem...», do Núcleo de Estudos e Intervenção Psicolõgica de VRSA Co-produção, realização e apresentação do programa «Viver Aqui», do Núcleo de Imigração da Cruz Vermelha Portuguesa de VRSA para o Alto Comissariado para o Diálogo Intercultural Assistente de Realização para Televisão Produtora para Televisão Escrita para Reportagens Televisivas Escrita de Documentário para TV «O Contrabando no Baixo Guadiana» Escrita do texto filme documental «Um Dia na Santa Casa», de Eduardo Soares Pinto Formação Avançada em Dança Contemporânea (CIRL) Formação Inicial em Teatro (TAS, Teatro O Elefante) Formação Inicial Interpretação para Televisão (Aloysio Filho pela ACT) Participação em antologia poética «5.50» (Poetas do Guadiana) Escrita de prefácio para obra editada (Os Poetas do Guadiana nos meios de comunicação social) e outra obra inédita Autora convidada do livro de contos «Ruas» de Pedro Oliveira Tavares e João Miguel Pereira Revisão de Livro de Contos inédito de Mouji Soares Curandoria de exposição de fotografia de Eduardo Soares Pinto, Espanha Co-organização da exposição internacional de arte «Minha Fukushima» na Eurocidade do Guadiana, da Peace and Art Society Organização da Exposição «Aline´s Project» em VRSA, da Peace and Art Society Apresentação de Galas Moderação de Debates e Tertúlias Apresentação de Livros Organização de eventos Co-fundadora do Eco&Design Hotel «Monte do Malhão» Co-fundadora da Mostra Internacional de Cinema «FRONTEIRAS» Voluntariado para a área da comunicação em IPSS's

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.