Odiana empenhada em reforçar estratégia turística na Natureza do Baixo Guadiana

0
70

A Associação Odiana juntou na Casa do Sal, em Castro Marim, uma assistência heterogénea interessada em conhecer melhor a nova estratégia desta associação de desenvolvimento local do Baixo Guadiana para o incremento de um turismo assente nas característica endógenas no território e que representam uma mais-valia e permitem um fruir de lazer e cultura.

O projeto que consubstancia a nova estratégia dá pelo nome «Promoturis» e pretende potenciar tudo o que de mais valioso o Baixo Guadiana tem para oferecer aos turistas que aqui afluem e que, de ano para ano, são-no em cada vez maior número.

Tendo a essência e a imagem estritamente ligadas às práticas de pedestrianismo e observação de aves, o grande objetivo deste projeto é colaborar na preservação, promoção e valorização económica, social e cultural do património natural do Baixo Guadiana.

Para tal a Odiana convidou duas empresas para apresentarem os seus produtos e darem a conhecer a realidade empresarial que vivem atualmente no território. Foi percetível que o entusiasmo de ambas as empresas (Além Vila Tours e Fun 4 All) equilibra-se com uma consciência de que é necessário trabalhar em rede com as demais entidades, quer sejam privadas quer sejam públicas, que operam a Sotavento. O Baixo Guadiana está em constante crescimento e estas empresas posicionam-se em nichos turísticos que valorizam as características do território.

Competitividade e Atratividade precisam de infraestruturas

Esta sessão contou com a presença da direção da associação Odiana, nomeadamente dos autarcas de Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António. A presidente da direção, Conceição Cabrita (edil vilarealense) defendeu a necessária aposta em infraestruturas no Baixo Guadiana como forma de fomentar a competitividade e a atratividade da região.

“Para que possamos continuar este caminho de desenvolvimento sustentável, é, contudo, necessário exigir que a tutela dê a devida importância ao Baixo Guadiana e que tenhamos as condições necessárias. Disso são exemplo várias ambições já antigas – e ainda não concretizadas – como a conclusão do IC27, o prosseguimento da navegabilidade do Rio Guadiana ou a requalificação da Estrada Nacional 125 nos concelhos de Castro Marim e Vila Real de Santo António”, afirmou a presidente da Odiana.

A responsável afirmou, ainda, que pretende que o caminho da Odiana seja transversal a todo o território numa visão integrada da serra, barrocal e litoral.

Na mesma sessão foi oferecido o guia de «Percursos Pedestres do Baixo Guadiana», sendo um roteiro que coloca em destaque o Rio Guadiana, as praias, a fauna e a flora, os trilhos, a natureza e a excelência dos produtos agroalimentares.

Caminheiro solidário inicia percurso de 2 mil quilómetros na GR15

Tal como tínhamos anunciado, e num espírito de cooperação social, foi apresentada na mesma circunstância a iniciativa «LAMES DE JOIE» uma travessia e epopeia solidária com início na Grande Rota do Guadiana (GR15) com destino a França, pelo pedestrianista Loick du Boisrochefort. O objetivo desta caminhada humanitária, com mais de mais de 2000 km’s, é a recolha monetária para aquisição de próteses para crianças e jovens com membros inferiores amputados. A GR15 foi escolhida como o ponto de partida para esta iniciativa solidária, o que orgulha a Odiana. A jornada tem início no dia 27 de março, tendo como ponto de partida a GR15 em Castro Marim, a chegada está prevista no dia 1 de junho (Dia da Criança).

Os Presidentes dos Municípios do Baixo Guadiana, bem como a Odiana, presentearam este caminhante solidário, com alguns utensílios e acessórios simbólicos do território: um bastão e lenço das jornadas do Contrabando de Alcoutim; um mini saleiro com sal de Castro Marim, em homenagem à geminação entre Castro Marim e Guérande; e ainda um cantil, chapéu e tshirts de VSRA. Saiba mais sobre esta iniciativa solidária aqui.

O projeto PROMOTURIS – Plano de Promoção Turística e Cultural, é uma iniciativa Odiana apresentado ao Aviso de Abertura ALG-14-2016-10 – Promoção Turística e Realização de Eventos Culturais, prioridade de investimento 6.3, financiado pelo Programa Operacional CRESC ALGARVE 2020.

 

 

Publicidade
Partilhar
Susana Helena De Sousa
Formação Superior em Jornalismo (Carteira Profissional 9621): Especialização em Imprensa Escrita pelo Centro Nacional de Formação de Jornalistas (CENJOR) Formação media pela Representação da Comissão Europeia em Portugal Experiência em Jornalismo: Rádio (Voz D'Almada, PAL FM, Guadiana FM), Televisão (TVI, AXN, RTP, Canal História) e Imprensa Escrita (Jornal de Setúbal, Semanário O Algarve, Jornal i, Jornal do Baixo Guadiana); Tese de Licenciatura Bi-Etápica: «Serviço Público de Televisão», (publicação com entrevista a Carlos Pinto Coelho) Co-produção, realização e apresentação do programa de Rádio «Se Dúvidas Existem...», do Núcleo de Estudos e Intervenção Psicolõgica de VRSA Co-produção, realização e apresentação do programa «Viver Aqui», do Núcleo de Imigração da Cruz Vermelha Portuguesa de VRSA para o Alto Comissariado para o Diálogo Intercultural Assistente de Realização para Televisão Produtora para Televisão Escrita para Reportagens Televisivas Escrita de Documentário para TV «O Contrabando no Baixo Guadiana» Escrita do texto filme documental «Um Dia na Santa Casa», de Eduardo Soares Pinto Formação Avançada em Dança Contemporânea (CIRL) Formação Inicial em Teatro (TAS, Teatro O Elefante) Formação Inicial Interpretação para Televisão (Aloysio Filho pela ACT) Participação em antologia poética «5.50» (Poetas do Guadiana) Escrita de prefácio para obra editada (Os Poetas do Guadiana nos meios de comunicação social) e outra obra inédita Autora convidada do livro de contos «Ruas» de Pedro Oliveira Tavares e João Miguel Pereira Revisão de Livro de Contos inédito de Mouji Soares Curandoria de exposição de fotografia de Eduardo Soares Pinto, Espanha Co-organização da exposição internacional de arte «Minha Fukushima» na Eurocidade do Guadiana, da Peace and Art Society Organização da Exposição «Aline´s Project» em VRSA, da Peace and Art Society Apresentação de Galas Moderação de Debates e Tertúlias Apresentação de Livros Organização de eventos Co-fundadora do Eco&Design Hotel «Monte do Malhão» Co-fundadora da Mostra Internacional de Cinema «FRONTEIRAS» Voluntariado para a área da comunicação em IPSS's

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.