Jovem bailarina procura patrocínios na terra-natal para realizar espetáculo em fim de curso

0
210

Azahara Martins, bailarina a frequentar o 6.º e último ano do curso de dança flamenca no Conservatório Profissional de Dança António Ruiz Soler, em Sevilha, está à procura de patrocínios na sua terra-natal (e áreas circundantes) para conseguir levar a cabo um espetáculo. “O conservatório obriga a que os alunos realizem, pelos seus próprios meios um espetáculo que terão que apresentar no final do ano e que será avaliado não só pelos professores, mas será também aberto ao público em geral”, conta-nos Azahara, que de resto é filha da bailarina e coreógrafa Gracia Diaz e do bailarino Vitor Martins.

“É neste sentido que procuramos patrocinadores, de forma a  que os alunos possam angariar algumas verbas para fazer frente às despesas, nomeadamente de vestuário, músicos, divulgação gráfica, entre outros”, explica-nos Azahara.

Retorno aos patrocinadores

Em troca dos patrocínio Azahara e os seus colegas prometem retorno de comunicação, já que “serão efetuados um cartaz e flyers que serão distribuídos por Sevilha, bem um programa de sala a ser entregue ao público, em mão, na noite do evento”.

Este ano, e pelo facto de ser finalista uma aluna de Portugal, vilarealense de gema, a organização pensou alargar o leque de patrocinadores à zona de origem da aluna.

O espectáculo em produção é «A Casa de Bernarda Alba». Trata-se da última peça teatral, a terceira da trilogia de dramas folclóricos, do escritor espanhol Federico García Lorca (1936).

 

Alunos do Conservatório preparam espetáculo «A Casa de Bernarda Alba (1936)» é a última peça teatral – a terceira da trilogia de dramas folclóricos – do escritor espanhol Federico García Lorca

 

Publicidade

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.