Rio Guadiana: gravuras descobertas podem remontar a época pós-paleolítica

0
100
Investigação sobre o que foi descoberto vai avançar em breve

A notícia foi avançada pela agência noticiosa nacional LUSA e dá conta que “fonte dos serviços regionais do Ministério da Cultura prevê uma deslocação de técnicos ao local para estudar as gravuras, encontradas na semana passada, que os arqueólogos admitem ser da época pós-paleolítica”. O presidente da Associação dos Arqueólogos Portugueses, José Morais Arnaud afirmou que existe “forte probabilidade de serem figuras pré-históricas e que, estando emersas, deverá aproveitar-se a oportunidade para destacar uma equipa de especialistas de arte rupestre”.

De acordo com a notícia da LUSA “os painéis foram encontrados na semana passada, na margem portuguesa do Guadiana, por um antigo militar espanhol, Joaquin Larios Cuello, na zona da ponte da Ajuda, perto da cidade raiana de Elvas, no distrito de Portalegre”.

Segundo o “historiador Luís Lobato de Faria, que tem acompanhado no terreno a descoberta, adiantou à Lusa que as gravuras aparentam ter milhares de anos e lembram a forma de serpentes e de figuras humanas através de picotados em rochas”, pode ler-se na informação noticiosa daquela agência.

Publicidade

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.