Rio Guadiana está a ser alvo de um levantamento topo-hidrográfico por parte da Marinha Portuguesa

0
299
Levantamento topo-hidrográfico vai ser levado a cabo até dia 19 de Novembro
No âmbito do projeto «Guadiana: Património Natural Navegável», a Marinha, através do Instituto Hidrográfico com uma brigada hidrográfica, encontra-se a realizar um levantamento topo-hidrográfico no Rio Guadiana, entre Alcoutim e Pomarão, desde 9 de outubro, prevendo-se que termine em 19 deste mês.

“Este projeto tem como objetivo a reabilitação da navegabilidade do Rio Guadiana no troço internacional, assim como das infraestruturas portuárias existentes em ambas as margens, e os respetivos acessos, a fim de aumentar a segurança da navegação, o que proporciona o desenvolvimento das atividades recreativas e turísticas”, pode ler-se no comunicado oficial.

Um projeto que surge do Programa Operativo de Cooperação Transfronteiriça Portugal-Espanha, que integra como parceiros o Instituto Hidrográfico, a Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, a Docapesca – Portos e Lotas, S.A. e a Agencia Pública de Puertos de Andalucía.

O objetivo do trabalho da Brigada Hidrográfica é obter informação topo-hidrográfica atualizada da via navegável do Guadiana.
A aquisição dos dados de sondagem do leito do rio é feita através de um sistema de alta resolução multifeixe, instalado numa lancha, e de um sondador de feixe simples, instalado num bote.
A topografia de estruturas e de pontos de apoio foi efetuada com recurso a métodos de rádio-posicionamento satélite (GNSS, Global Navigation Satellite System).

Após a realização do levantamento topo-hidrográfico, será efetuada caraterização físico-química dos sedimentos, o projeto de assinalamento marítimo e a respetiva produção da cartografia náutica.

Ao que o nosso jornal conseguiu apurar esta sexta-feira, dia 17 de Novembro, terá lugar a última saída de embarcação para o rio Guadiana.

Publicidade
Partilhar
Susana Helena De Sousa
Formação Superior em Jornalismo (Carteira Profissional 9621): Especialização em Imprensa Escrita pelo Centro Nacional de Formação de Jornalistas (CENJOR) Formação media pela Representação da Comissão Europeia em Portugal Experiência em Jornalismo: Rádio (Voz D'Almada, PAL FM, Guadiana FM), Televisão (TVI, AXN, RTP, Canal História) e Imprensa Escrita (Jornal de Setúbal, Semanário O Algarve, Jornal i, Jornal do Baixo Guadiana); Tese de Licenciatura Bi-Etápica: «Serviço Público de Televisão», (publicação com entrevista a Carlos Pinto Coelho) Co-produção, realização e apresentação do programa de Rádio «Se Dúvidas Existem...», do Núcleo de Estudos e Intervenção Psicolõgica de VRSA Co-produção, realização e apresentação do programa «Viver Aqui», do Núcleo de Imigração da Cruz Vermelha Portuguesa de VRSA para o Alto Comissariado para o Diálogo Intercultural Assistente de Realização para Televisão Produtora para Televisão Escrita para Reportagens Televisivas Escrita de Documentário para TV «O Contrabando no Baixo Guadiana» Escrita do texto filme documental «Um Dia na Santa Casa», de Eduardo Soares Pinto Formação Avançada em Dança Contemporânea (CIRL) Formação Inicial em Teatro (TAS, Teatro O Elefante) Formação Inicial Interpretação para Televisão (Aloysio Filho pela ACT) Participação em antologia poética «5.50» (Poetas do Guadiana) Escrita de prefácio para obra editada (Os Poetas do Guadiana nos meios de comunicação social) e outra obra inédita Autora convidada do livro de contos «Ruas» de Pedro Oliveira Tavares e João Miguel Pereira Revisão de Livro de Contos inédito de Mouji Soares Curandoria de exposição de fotografia de Eduardo Soares Pinto, Espanha Co-organização da exposição internacional de arte «Minha Fukushima» na Eurocidade do Guadiana, da Peace and Art Society Organização da Exposição «Aline´s Project» em VRSA, da Peace and Art Society Apresentação de Galas Moderação de Debates e Tertúlias Apresentação de Livros Organização de eventos Co-fundadora do Eco&Design Hotel «Monte do Malhão» Co-fundadora da Mostra Internacional de Cinema «FRONTEIRAS» Voluntariado para a área da comunicação em IPSS's

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.