Projeto Refood dá primeiros passos em VRSA com boas perspetivas de futuro

0
289
O mentor do projeto falou para casa cheia na passada sexta-feira

VRSA recebeu, na passada sexta-feira, na Biblioteca Municipal Vicente Campinas, a apresentação do projeto Refood. Tal como já avançámos em notícia trata-se de um projeto cujo maior objetivo é “acabar com o desperdício dos alimentos preparados e com a fome nos bairros urbanos reforçando os laços comunitários locais”.
A apresentação em VRSA serviu para explicar o projeto, bem como angariar voluntários. “Precisamos de voluntários e voluntários-gestores. Estes últimos para gerirem a dinâmica do projeto nas suas diversas esferas”, contextualizou  Hunter Halder, mentor deste projeto social que tem crescido a olhos vistos em Portugal.

Essencialmente, quando falamos em «Refood» falamos em “reaproveitamento dos desperdícios alimentares preparados, através da recolha de comida em restaurantes, padarias, cafés, pastelarias, hotéis, etc. e a sua distribuição por famílias carenciadas”.

“Eliminar o desperdício de alimentos e a fome, envolvendo toda a comunidade numa causa comum é a missão da Refood, que aspira a um mundo novo onde todos têm a comida de que necessitam e em que se reduz significativamente a quantidade de resíduos produzidos nas cidades.
Um estudo e reflexão sobre desperdício alimentar, levado a cabo pelo Centro de Estudos de Sociologia da Universidade Nova de Lisboa, apurou que, em Portugal, há um desperdício de um milhão de toneladas de alimentos por ano”, explica a organização.

VRSA com boas perspectivas de futuro

O projeto foi apresentado em Vila Real de Santo António com sala cheia, onde o nosso jornal marcou presença e pudemos constatar que no final da apresentação foram inúmeras as pessoas que se renderam à causa, estando nesta altura a organização a contabilizar os voluntários disponíveis, tendo, inclusive, sido abertas portas no sentido de fontes de alimentos (na área da restauração e/ou hotelaria) começarem a perspetivar a sua colaboração na causa Refood VSRA. Inclusivamente, a presidente da câmara municipal de VRSA disse publicamente que vai doar 2 horas semanais ao Refood.

Sabia que Hunter Halder começou em 2011 montado numa bicicleta distribuir comida por quem precisava?

O projeto Refood foi lançado em Lisboa, a 9 de março de 2011, por Hunter Halder, que começou a recolher a comida e a entregá-la a quem precisava, montado numa bicicleta. No primeiro ano, o movimento, ainda embrionário, recebeu o «Prémio de Voluntariado Jovem Montepio».
Após 5 anos, existem em Portugal 25 núcleos Refood, onde mais de 4.000 voluntários resgatam 46.000 refeições por mês, a partir de 900 parceiros de fontes de alimentos, e servem 2.500 beneficiários, tendo a organização crescido de forma exponencial.

Publicidade

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.