Tomadas de posse marcam a semana política do Baixo Guadiana

0
74
Conceição Cabrita é a primeira mulher presidente num executivo do Baixo Guadiana

Depois das eleições autárquicas estes têm sido dias de Tomadas de Posse. Sedes de concelho e freguesias conhecem agora os momentos solenes que configurados na lei fazem os eleitos dispor dos seus lugares. 3 concelhos e 11 freguesias. Desde a costa ao barrocal, passando pela profunda serra. 

No Baixo Guadiana no que diz respeito a contas mais complicadas o concelho de Castro Marim acabou por ser aquele onde não se registou maiorias absolutas, sendo a Democracia lugar de necessários consensos e reflexões públicas sobre a necessidade de colocar de lado as cores partidárias e governar pelo povo e para o povo. Assim aconteceu na tomada de posse na biblioteca municipal castromariense. A força das circunstâncias assim o ditou, sendo que as expectativas relativamente à governabilidade destes próximos quatro anos.

Alcoutim e VRSA viveram momentos solenes mais tranquilos, face às vitórias absolutas alcançadas pelos candidatos eleitos .

 

Castro Marim com câmara PSD e Assembleia Municipal PS

O auditório da Biblioteca Municipal acolheu na terça-feira, 17 de Outubro, pela manhã a cerimónia da Tomada de Posse dos novos Órgãos Municipais de Castro Marim para o mandato 2017/2021.

Depois da tomada de posse do novo executivo autárquico, constituído pelo presidente reeleito Francisco Amaral (Castro Marim + Humano) e pelos vereadores Filomena Sintra (Castro Marim + Humano), Célia Brito (PS), Mário Dias (PS) e José Estevens (Castro Marim Primeiro), seguiu-se a tomada de posse dos 19 deputados municipais, 9 elementos da coligação “Castro Marim + Humano” (PSD/CDS-PP), 7 elementos do Partido Socialista e 3 elementos do movimento independente “Castro Marim Primeiro”. Posteriormente decorreu a eleição da Mesa da Assembleia, constituída da seguinte forma: presidente da Assembleia Municipal – Luís Domingos (PS); 1º Secretário – Maria Salgueiro (PS); 2º Secretário – Carlos Dias (Castro Marim Primeiro).

No seu discurso, o presidente reeleito da Assembleia Municipal, José Luís Domingos, realçou a importância de se respeitar a vontade expressa no dia 1 de outubro pelos castromarinenses, que “decidiram não proporcionar uma maioria a qualquer partido”, sublinhando que o órgão a que preside deve funcionar “como parte das soluções e não como parte dos problemas”. Sem deixarem de exercer a ação fiscalizadora para a qual são eleitos, José Domingos garante que “aquilo que nos une é muito mais do que o que nos divide ideologicamente”, referindo-se aos castromarinenses.

A encerrar a cerimónia, o Presidente da Assembleia Municipal deu a palavra ao reeleito Presidente da Câmara Municipal de Castro Marim. Grato pela vontade expressa dos castromarinenses, que voltaram a reelegê-lo para cumprir os desígnios deste concelho, Francisco Amaral iniciou o seu discurso com uma mensagem de esperança para os próximos 4 anos, “de mais desafogo social e económico, que nos permita, a nós autarquias e ao mundo empresarial, um desenvolvimento mais equilibrado e mais acelerado”.

Falou das obras realizadas sem esquecer os novos projectos nas mais diversas áreas.

Conceição Cabrita é a mulher que protagoniza em executivos até aqui sempre liderados por homens

A nova presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, Conceição Cabrita, tomou posse, esta terça-feira, numa cerimónia que reuniu mais de 400 pessoas no auditório do Centro Cultural António Aleixo.

No seu discurso, Conceição Cabrita afirmou que pretende iniciar «um novo ciclo» que é “simultaneamente de continuidade e de mudança”, mantendo os valores da solidariedade, do desenvolvimento e da transparência.

“Sou uma mulher de palavra e fui eleita, juntamente com a minha equipa, para cumprir esse programa. Por isso, o programa deixa, a partir deste momento, de ser da Conceição Cabrita, para passar a ser do município de Vila Real de Santo António”.

Na reta final do discurso de tomada de posse, a autarca referiu ainda que, apesar de ter sido a primeira mulher a ser eleita presidente do município, “quer ser lembrada como alguém que deu o melhor de si e que não virou a cara aos desafios”.

Na sessão de Instalação dos Órgãos Municipais, José Carlos Barros foi eleito presidente da mesa da Assembleia Municipal de Vila Real de Santo António.

João Rodrigues e Alexandra Livramento foram eleitos primeiro e segundo secretários da mesa, respetivamente.

José Carlos Barros, que acabou assim reeleito para mais quatro anos à frente da AM, manifestou-se “um convicto e entusiasta crente do sistema democrático”

, salientando que «o poder local constitui-se como elemento base de toda a nossa arquitetura institucional».

Recorde-se que o novo executivo camarário, eleito no passado dia 1 de outubro, é constituído por quatro elementos do PSD (Conceição Cabrita, Luís Romão, Carla Sabino e Rui Pires), dois do PS (António Murta e Cristina Mira) e um da CDU (Álvaro Leal).

 Espaço Guadiana acolheu tomada de posse em Alcoutim

A cerimónia começou com a tomada de posse dos membros eleitos para a Assembleia Municipal de Alcoutim, a que se juntaram os primeiros eleitos de cada assembleia de freguesia.

Ocorreu a tomada de posse dos 15 elementos que compõem a Assembleia Municipal:

– José António T. Pinheiro Moreira – Martim Longo (PS)

– António da Costa Amorim – Alcoutim (PS)

– Francisco Alho Xavier – Alcoutim – (PS)

– Isabel Martins Domingos Campos – Vaqueiros (PS)

– Nuno Teixeira Rodrigues – Castelhanos (PS)

– Aurélio Teixeira Gonçalves – Malfrade (PS)

– Humberto Octávio Mestre Costa – Várzea (PS)

– Carlos Fernando de Jesus Escobar – Guerreiros do Rio (PS)

– Milene Sofia Gonçalves Nobre – Várzea (PS)

– Sidónio Gonçalves Garcia – Santa Justa (PS)

– Dalila Manuela da Costa Barros – Alcoutim (Coligação Renovar Alcoutim)

– João Miguel Vitorino Dias – Santa Marta (Coligação Renovar Alcoutim)

– Abílio Frade da Encarnação – Alcoutim (Coligação Renovar Alcoutim)

– Graça Maria Palma Pereira – Martim Longo (Coligação Renovar Alcoutim)

– Cristóvão Manuel Pedro Custódio – Martim Longo (Coligação Renovar Alcoutim) .

E foi dada posse ao novo executivo camarário presidido por Osvaldo dos Santos Gonçalves, e que conta com os vereadores Paulo Paulino (Vice-presidente), José Galrito e Luís Conceição eleitos pelo Partido Socialista e Jorge Inácio pela Coligação “Renovar Alcoutim”, que não compareceu.

Foram então colocadas a votação duas listas candidatas à Mesa da Assembleia, da qual foi eleito como presidente da Assembleia Municipal José António T. Pinheiro Moreira, como 1º secretário António da Costa Amorim e como 2ª secretária Isabel Martins Domingos Campos.

O Presidente da Câmara, Osvaldo dos Santos Gonçalves, dirigiu-se, a todos os alcoutenejos “No concelho com a menor percentagem de abstenção do Algarve, conquistámos a maior vitória eleitoral de sempre, em regime democrático!”. Defendendo que nos próximos anos irá “continuar a trilhar o caminho que iniciámos, em 2013, e que tem a sua continuidade legitimada“, “Um caminho consciente das dificuldades que enfrentamos, mas sobretudo um caminho focado na valorização e promoção daquelas que são as nossas potencialidades enquanto território, e que com toda a certeza são a base do nosso desenvolvimento, assente numa única prioridade – AS PESSOAS.“, alertando para “as medidas implementadas pelo poder local necessitam de enquadramento e complementariedade a nível regional e nacional. Sendo assim, é fulcral que tenhamos a capacidade e o pragmatismo necessários para concretizar uma estratégia de desenvolvimento, capaz de criar novas centralidades, e através da concretização de projetos, verdadeiramente, estruturantes, colocar o interior no caminho do crescimento e do desenvolvimento”.

 

 

 

Publicidade

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here