Célia Brito perdeu por 32 votos. “Custa-me assumir esta derrota”

0
515
Candidata acredita que houve fraude fiscal no Azinhal

A socialista Célia Brito que defrontou uma renhida disputa pelo poder da edilidade de Castro Marim ao concorrer nas eleições autárquicas de 2017 confessou ao Jornal do Baixo Guadiana que custa “assumir uma derrota por apenas 32 votos menos de diferença”. Ainda no calor dos resultados a enfermeira declarou ao nosso jornal que “se tivesse perdido por muitos mais votos seria mais fácil de gerir” este desfecho eleitoral, mas em tom de alento realçou o trabalho desenvolvido “por todos numa candidatura onde não defrontou adversários fáceis”.

Quanto à vitória do PS na Assembleia Municipal, tendo sido reeleito José Luís Domingos, Célia Brito encara o resultado como “mais um voto de confiança dos castromarinenses e um passo muito importante na consolidação do trabalho desenvolvido até aqui”.

A destacar a vitória do PS na Assembleia de Freguesia de Castro Marim onde ganhou com uma diferença maior em relação ao principal rival destas autárquicas e das de 2013 – o PSD há 4 anos e coligação PSD/CDS em 2017. Célia Brito também se congratula com a vitória do socialista Vítor Esteves na junta de freguesia de Castro Marim e “para além de esta ser uma aprovação clara nos quatro anos de trabalho do candidato Vítor Esteves”, Célia acredita que “foi também uma clara rejeição por parte da população em relação aos outros candidatos”.

Questionada pelo Jornal do Baixo Guadiana se estava disponível para firmar acordos com o reeleito presidente da câmara municipal de Castro Marim, Francisco Amaral,a enfermeira Célia Brito prefere não traçar cenários precipitados. Garante, no entanto, que não vai “baixar os braços” assumirá o cargo de vereadora da oposição com o número dois da sua lista Mário Dias.

 

 

Publicidade
Partilhar
Susana Helena De Sousa
Formação Superior em Jornalismo (Carteira Profissional 9621): Especialização em Imprensa Escrita pelo Centro Nacional de Formação de Jornalistas (CENJOR) Formação media pela Representação da Comissão Europeia em Portugal Experiência em Jornalismo: Rádio (Voz D'Almada, PAL FM, Guadiana FM), Televisão (TVI, AXN, RTP, Canal História) e Imprensa Escrita (Jornal de Setúbal, Semanário O Algarve, Jornal i, Jornal do Baixo Guadiana); Tese de Licenciatura Bi-Etápica: «Serviço Público de Televisão», (publicação com entrevista a Carlos Pinto Coelho) Co-produção, realização e apresentação do programa de Rádio «Se Dúvidas Existem...», do Núcleo de Estudos e Intervenção Psicolõgica de VRSA Co-produção, realização e apresentação do programa «Viver Aqui», do Núcleo de Imigração da Cruz Vermelha Portuguesa de VRSA para o Alto Comissariado para o Diálogo Intercultural Assistente de Realização para Televisão Produtora para Televisão Escrita para Reportagens Televisivas Escrita de Documentário para TV «O Contrabando no Baixo Guadiana» Escrita do texto filme documental «Um Dia na Santa Casa», de Eduardo Soares Pinto Formação Avançada em Dança Contemporânea (CIRL) Formação Inicial em Teatro (TAS, Teatro O Elefante) Formação Inicial Interpretação para Televisão (Aloysio Filho pela ACT) Participação em antologia poética «5.50» (Poetas do Guadiana) Escrita de prefácio para obra editada (Os Poetas do Guadiana nos meios de comunicação social) e outra obra inédita Autora convidada do livro de contos «Ruas» de Pedro Oliveira Tavares e João Miguel Pereira Revisão de Livro de Contos inédito de Mouji Soares Curandoria de exposição de fotografia de Eduardo Soares Pinto, Espanha Co-organização da exposição internacional de arte «Minha Fukushima» na Eurocidade do Guadiana, da Peace and Art Society Organização da Exposição «Aline´s Project» em VRSA, da Peace and Art Society Apresentação de Galas Moderação de Debates e Tertúlias Apresentação de Livros Organização de eventos Co-fundadora do Eco&Design Hotel «Monte do Malhão» Co-fundadora da Mostra Internacional de Cinema «FRONTEIRAS» Voluntariado para a área da comunicação em IPSS's

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.