Alcoutim concorreu com Festival do Contrabando ao prémio «Município do Ano Portugal 2017» e está entre os nomeados

0
37
Festival do Contrabando motivou esta nomeação

De acordo com o município de Alcoutim o Festival do Contrabando que teve lugar em 2016 foi o bom motivo encontrado para que aquela edilidade acedesse ao concurso «Municípios do Ano Portugal 2017», promovido pela UM-Cidades, da Universidade do Minho. “O município concorreu a esta iniciativa que visa reconhecer as boas práticas dos municípios portugueses com o projeto «Festival do Contrabando – Tráfico de Artes no Guadiana», refere a nota de imprensa.

O prémio «Municípios do Ano Portugal 2017» é dinamizado pela Universidade do Minho, através da sua plataforma UM-Cidades. O objetivo é reconhecer e premiar as boas práticas em projetos implementados pelos municípios com impactos assinaláveis no território, economia e sociedade, que promovam o crescimento, a inclusão e/ou a sustentabilidade. Por outro lado, pretende-se dar visibilidade e reconhecer, em diferentes categorias, realidades diversas que incluam as cidades, mas também os territórios de baixa densidade nas diferentes regiões do país.

O Concurso Municípios do Ano Portugal 2017 concede nove distinções regionais e uma distinção nacional – Município do Ano Portugal 2017. O projeto “Festival do Contrabando – Tráfico de Artes no Guadiana” foi um dos quatro selecionados na região do Algarve.

Os resultados do concurso “Municípios do Ano Portugal 2017” serão divulgados no dia 27 de julho, em cerimonia que terá lugar no Fundão.

Publicidade

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here