Barco mais acessível para pessoas com deficiência motora leva mensagem de paz e respeito

0
20
Salvador Mendes apadrinha esta iniciativa que pretende levar Fernando Pinto a competir de novo

O catamarã ‘LO SPIRITO DI STELLA’ partiu hoje, pelas 13h00, da marina de Portimão. A bordo está a Convenção dos Direitos Humanos das pessoas com deficiência motora, entregue pela mão do secretário-geral António Guterres, até ao Papa Francisco. A iniciativa acontece no âmbito do projeto italinao ‘Wheels on Waves’, e levado a cabo pelo capitão Andrea Stella, velejador paraplégico que chefia o barco considerado o mais  acessível para pessoas com deficiência motora. A viagem começou em Nova Iorque e só termina em Itália, mas pelo meio houve momentos de laços e ternura: Andrea Stella casou-se. O principal foco de atenção é atravessar o oceano levando a mensagem de paz e respeito pelas pessoas com deficiência motora. Na realidade, trata-se de uma viagem de 6.000 milhas pela convenção dos direitos das pessoas com deficiência motora.

Mar sem fronteiras

O projeto de cruzamento do Oceano Atlântico esteve desde o dia 25 de junho atracado no Algarve, desta feita em Portimão. Nesta paragem, várias pessoas com deficiência motora tiveram a oportunidade de passar um dia diferente no mar e transmitir que de facto não há barreiras…”O que conta mesmo é a nossa vontade!”, referiu Salvador Mendes de Almeida, fundador da Associação Salvador, que embarcou neste catamarã com a missão de ajudar o atleta Fernando Pinto. “Embarco neste projeto único no mundo e vou fazer a etapa Portugal – Gibraltar, com o objetivo solidário de apoio ao atleta Fernando Pinto. Iremos fazer um diário de bordo da viagem no facebook e no site da Associação Salvador (www.associacaosalvador.com) onde contaremos as peripécias desta aventura e a evolução da campanha. Acompanhem!”, disse aos jornalistas.

Fernando precisa de ajuda para concretizar sonho

Há 17 anos, Fernando Pinto, sofreu um acidente que o deixou paraplégico. É um lutador e para se manter ativo, pratica vela adaptada. Apesar de ter sido vice-campeão do Mundo não tem um barco adaptado ao seu corpo. Precisa de ajuda para conseguir adquirir um barco e representar Portugal no Europeu em França e no Mundial do Japão! A etapa que Salvador Mendes de Almeida fará no catamarã tem 159 milhas e o valor necessário para apoiar o Fernando é de 7.641€. Para tal a Associação Salvador irá ‘vender’ milhas que representarão o valor necessário para apoiar o Fernando. Cada milha tem o valor de 48€ e poderão associar-se particulares, empresas, grupos de amigos, patrocinando meia milha, uma milha ou mesmo 5 e 10 milhas.

No seguimento da carta enviada ao Papa Francisco, aquando da sua visita a Portugal, este será um novo contacto com o Santo Padre para que as acessibilidades sejam um fator prioritário e para que a mudança de comportamento seja uma realidade.

 

Fernando Pinto luta pela maior acessibilidade no mar e pela mudança de mentalidades

 

 

Publicidade

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here