Odeleite e Azinhal com caminhos agrícolas reabilitados

0
60
A intervenção arrancou no final de 2016 e atualmente já foram reabilitados mais de 170km de caminhos e acessos agrícolas nas freguesias de Odeleite e Azinhal

O protocolo entre a câmara municipal de Castro Marim e o Regimento de Engenharia Militar nº 1, sediado em Tancos está a dar frutos. É que, segundo a câmara municipal de Castro Marim, já “foram reabilitados mais de 170km de caminhos e acessos agrícolas nas freguesias de Odeleite e Azinhal”, na sequência desse acordo que previa esta intervenção que arrancou no final de 2016.

Mas para “além da beneficiação de caminhos e acessos agrícolas” o protocolo previa outros trabalhos que “contemplam a abertura de novos caminhos agrícolas dispersos pelo concelho e a manutenção de faixas de gestão de combustível para prevenção de fogos florestais e na limpeza de uma linha de água na Ribeira do Álamo.

Regimento de Engenharia Militar forneceu equipamento e mão-de-obra

De acordo com nota de imprensa da câmara municipal de Castro Marim “todo o equipamento e grupo de trabalho necessários à intervenção foram da responsabilidade do Regimento de Engenharia Militar nº 1”, por sua vez a edilidade castromarinense “suportou os custos da alimentação, alojamento e compensação dos militares envolvidos, assim como o fornecimento de combustíveis e materiais necessários à execução dos trabalhos e ao funcionamento do equipamento e viaturas militares utilizados”.

O presidente da câmara municipal de Castro Marim, Francisco Amaral, explicou que “o concelho de Castro Marim tem uma extensa rede viária rural, cuja manutenção e reabilitação implica uma grande disponibilização de recursos humanos e técnicos que a autarquia não podia comportar”. Por isso mesmo, acrescenta, que “esta parceria com o Exército Português permitiu-nos intervir em algumas das zonas mais críticas e com maior necessidade e permite agora aos nossos munícipes cultivarem os seus terrenos e recolherem e transportarem os seus frutos”.

 

Publicidade

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.